Fisioterapeuta e mãe de primeira viagem: 8 semanas pós parto

Emocionalmente nada nos prepara para o pós parto mas devo dizer que fisicamente tudo que fiz antes e durante a gravidez foi essencial.


Os primeiros 15 dias foram difíceis por causa dos agrafos. Pegar no bebê era doloroso e até andar era custoso e só podia ser por curtos períodos.

Tive dores na cicatriz durante as primeiras 4 semanas e por isso nesse período não fiz qualquer tipo de exercício a não ser contracções do pavimento pélvico e do transverso abdominal, e por vezes alguns alongamentos para alívio de dores nas costas pelas posturas de pós parto que não estava habituada.


A partir desse tempo e como a diástase estava fechada comecei lentamente com alguns exercícios de Core e caminhadas (com e sem o bebê). Comecei também com a massagem à cicatriz.


Só a partir da sexta semana comecei com os exercícios mais fortes e com a corrida.


Neste momento fisicamente ainda não estou como quero estar pois ainda não perdi o peso todo e as minhas roupas pré gravidez ainda não me servem, contudo sinto me bem fisicamente para conseguir atingir esse objetivo e clinicamente estou estável e posso fazer exercício sem restrições.



O pós parto deve mesmo ser preparado com antecedência. E temos mesmo que fazer exercício específico se queremos voltar a ter o corpo de antes da gravidez, a verdade é que sozinho o corpo demora muito mais tempo e pode nunca chegar lá.


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo