Uso de Cinta no Pós Parto Sim ou Não?

Atualizado: 3 de Fev de 2019

O uso de cinta depois do parto não é obrigatória e não vai fazer o corpo voltar à forma mais rápido.


Cinta Pós Parto
Pós Parto

A cinta só deve ser utilizada se a mulher sentir algum desconforto nas costas ou insegurança na execução das atividades do dia a dia depois do parto.


O uso moderado da cinta durante as atividades que causam desconforto dá mais estabilidade às costas diminuindo as dores. Por isso, e só nestes casos, a cinta deve ser uma mais valia pois vai facilitar a mobilidade da recém mamã.


O uso excessivo da cinta pode ser prejudicial porque leva à atrofia dos músculos da região abdominal e das costas.


Numa fase inicial é essencial que o fortalecimento abdominal aconteça de forma gradual para que não prejudique o corpo da mulher que ainda está a recuperar da gravidez e do parto.


A partir do momento que há autorização médica para a prática do exercício deve começá-lo de forma moderada e acompanhada por um especialista.


Exercícios errados e não específicos para esta fase pode levara diástase abdominal, dores nas costas e até mesmo incontinência urinária.


A cinta não leva à perda de peso e não deve ser usado por regra, mas sim em casos excepcionais.


Se tiver dúvidas pergunte ao seu médico ou ao seu fisioterapeuta especialista na área de saúde da Mulher antes de começar a usar.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo